Múcio: últimos nomes para compor CPI da Petrobras serão decididos sexta-feira

Segundo ministro das Relações Institucionais, "Muitos senadores querem fazer parte da CPI, mas há poucas vagas"

SÃO PAULO – Segundo o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, a definição dos nomes que irão compor a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras só deverá ser completada na sexta-feira (5).

“Muitos senadores querem fazer parte dela [a CPI], mas há poucas vagas; (…) no fim desta semana, de hoje para amanhã, essas coisas estarão todas resolvidas”, declarou o ministro.

Mais uma vez perguntado sobre uma possível divisão entre os partidos que compõem a base governista, Múcio declarou que é comum as discussões demorarem mais tempo, uma vez que a base é ampla, formada por 14 partidos. “Numa democracia, é a maioria que prevalece. Como é uma base ampla e sempre crescente, evidentemente, essas discussões demoram mais”.

Reforma tributária

PUBLICIDADE

O ministro ainda declarou que a reforma tributária possivelmente será votada em breve pelo Congresso. “A reforma está no Congresso, depende da vontade dos parlamentares. Participei de algumas reuniões e tenho informações de que a reforma tributária está na pauta. Acho que nessas próximas semanas poderá ser votada, (…), talvez não tenhamos chegado ao nosso sonho, à forma perfeita, mas a que está lá é a reforma necessária”, afirmou.