Ocupação

MST invade fazenda de empresário que comemorou prisão do ex-presidente Lula

Além disso, manifestantes ocuparam a sede da TV Bahia, que é uma afiliada da Rede Globo no estado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O MST (Movimento dos Sem Terra) invadiu nesta terça-feira (17) a fazenda do empresário Oscar Maroni localizada em Araçatuba, cerca de 500 quilômetros da capital paulista. De acordo com os integrantes do movimento, a ocupação reivindica que o terreno seja destinado para a Reforma Agrária.

O empresário ganhou notoriedade neste mês depois de comemorar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva distribuindo 9 mil latas de cerveja em frente ao Bahamas Club. Procurado pela Veja, Maroni afirmou que foi “invadido por pessoas que querem provocar o sensacionalismo” e que está tomando medidas judiciais para fazer a reintegração de posse.

Além desta, os militantes invadiram a sede da TV Bahia, que é uma afiliada da Rede Globo no estado, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira. Entre as reivindicações, os manifestantes pedem a liberdade de Lula, que está preso desde o dia 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

PUBLICIDADE