Vice-presidente

Mourão diz que governo ainda precisa buscar entre 60 e 70 votos para Previdência

"A gente sabe que a oposição tem em torno de 150 votos. Então sobram 363 para serem garimpados. Acredito que temos 250. Então entre 60, 70 votos terão que ser buscados", avaliou o vice-presidente  

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que a base de apoio do governo à reforma da Previdência possui atualmente 250 parlamentares.

O texto será encaminhado ao Congresso nesta quarta-feira, 20.

“A gente sabe que a oposição tem em torno de 150 votos. Então sobram 363 para serem garimpados. Acredito que temos 250. Então entre 60, 70 votos terão que ser buscados”, avaliou o vice.

PUBLICIDADE

Pouco antes, o líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (PSL), não soube fazer uma estimativa de quantos parlamentares apoiam a reforma atualmente, mas disse que o número pode chegar a 372 deputados.

“A gente estima que a base pode chegar a 372 em função de haver oito partidos que se declaram de oposição”, considerou.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos