Corrupção

Morre em São Paulo empresário da OAS que era réu da Lava Jato

João Alberto Lazzari estava internado no Hospital Sírio Libanês; o advogado do réu pediu a extinção da punibilidade do acusado

SÃO PAULO – Réu na Operação Lava Jato da Polícia Federal, o executivo da OAS, João Alberto Lazzari, morreu nesta terça-feira (9) segundo comunicou a defesa. As informações do Estado de S. Paulo mostram que o advogado José Carlos Cal Garcia Filho pediu a declaração da extinção da punibilidade do acusado ao juiz encarregado das acusações do processo, Sérgio Moro. 

O atestado de óbito foi anexado ao pedido pelo advogado. Lazzari tinha 63 anos e foi vítima de “disfunção de múltiplos órgãos, sepse de foco pulmonar, neoplasta gástrica”. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês em São Paulo. Seu corpo foi sepultado em Anta Gorda, no Rio Grande do Sul.