Eleições 2022

Moro anuncia pré-candidatura ao Senado pelo Paraná

Anúncio foi feito em Curitiba; ex-ministro chegou a ser cotado para a Presidência, mas os planos mudaram após sua filiação ao União Brasil

Por  Anderson Figo -

O ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (União Brasil) anunciou nesta terça-feira (12) sua pré-candidatura ao Senado pelo estado do Paraná. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa em um hotel de Curitiba, e transmitido ao vivo pelas redes sociais.

Moro inicialmente era cotado para a disputa pela Presidência da República pelo Podemos, mas o ex-juiz trocou o partido pelo União Brasil em março — e a nova sigla escolheu Luciano Bivar para a corrida pelo Planalto. Moro, então, tentou transferir seu domicílio eleitoral para São Paulo para concorrer a algum cargo pelo estado, mas foi barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Assim, o ex-ministro passou a cogitar a disputa por uma vaga no Senado ou na Câmara pelo seu estado de origem, o Paraná. Com a definição de sua pré-candidatura ao Senado, Moro deve concorrer a uma vaga na Casa pelo Paraná com o já senador Álvaro Dias.

“Ele é um político que eu respeito. Corremos em raias separadas. Vamos ver se, ao final das convenções, ele vai ser candidato ao Senado. Ainda que isso se confirme, meu intuito é conduzir essa campanha no alto nível, jamais com ataques. Precisamos trabalhar juntos nos anos que virão”, disse o ex-juiz em coletiva.

Moro afirmou ainda que pretende estar no Senado para ser oposição ao governo, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vença as eleições em outubro, conforme indicam as pesquisas de intenção de voto divulgadas até então.

O ex-ministro disse que quer avaliar as indicações de nomes que eventualmente Lula fará, se for eleito, como por exemplo ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Infelizmente, se houver uma vitória do ex-presidente Lula, eu quero me colocar na oposição. Precisamos ter gente forte que não se venda por emenda ou por cargo”, disse.

“Vamos ter duas vagas ano que vem surgindo e, se isso acontecer, eu gostaria de estar no Senado para exercer com critério essa avaliação. Por isso é importante que tenhamos vozes que não tenham receio de atuar com a independência necessária. Isso eu posso fazer como senador mas não posso fazer na Câmara”, completou.

Veja abaixo o anúncio da pré-candidatura de Moro ao Senado pelo Paraná:

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe