Juiz da Lava Jato

Moro afirma estar cansado e diz que trabalho da Lava Jato em Curitiba está próximo do fim

Em evento em São Paulo na última segunda-feira, juiz ainda comentou pesquisa Datafolha que o colocou em empate técnico com o ex-presidente Lula

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em evento na última segunda-feira (2), o juiz Sérgio Moro disse que o trabalho da Operação Lava Jato em Curitiba está próximo do fim. Contudo, apontou que o movimento anticorrupção no País seguirá por outros caminhos. “Em Curitiba há os contratos da Petrobras e das pessoas que se beneficiaram deles. Elas já foram processadas, e acredito que está indo para a fase final. Mas o rótulo de Lava Jato existe, faz parte do movimento anticorrupção”, afirmou.

Em São Paulo, Moro foi homenageado pela Universidade Notre Dame, dos EUA. Em seu discurso, ele não especificou a data em que a força-tarefa será completada em Curitiba. “Boa parte do trabalho foi feita, mas isso não significa que não tem trabalho”, apontou, negando a possibilidade de que os processos sejam enviados a um outro juiz: “Estou cansado, foi um trabalho duro, mas não há previsão concreta de tirar [o processo da] vara”.

Ao ser questionado sobre a pesquisa Datafolha apresentada no final de semana que o colocou em situação de empate técnico com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Moro afirmou: “quem fizer pesquisa eleitoral que inclua meu nome perderá seu tempo. Já fiz essa afirmação categoricamente”.

Aprenda a investir na bolsa

Quando perguntado se a possibilidade de uma eleição de Lula, condenado por ele na Operação Lava Jato, seria uma representação do fracasso do trabalho anticorrupção, Moro não respondeu, afirmando que há outros processos em curso.