Em evento

Ministro reduz pressão sobre PMDB e diz que Secretaria de Aviação deve ser extinta

Padilha disse que o movimento contrário à permanência do PMDB no governo ganha força sempre que o vice-presidente da República, Michel Temer, sofre algum revés

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em evento com empresários realizado nesta segunda-feira (31), o ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, afirmou que a pressão para que o PMDB deixe o governo é da minoria. “O PMDB tem compromisso com a governabilidade. A maioria é assim. É que a maioria é silenciosa e a minoria é barulhenta”, disse o peemedebista.

Padilha ainda admitiu que o movimento contrário à permanência do PMDB no governo ganha força no partido sempre que o vice-presidente da República, Michel Temer, sofre algum revés.

Além disso, Padilha admitiu que a Secretaria de Aviação deverá ser encerrada como parte da reforma política que deve ocorrer. “Em tese, a SAC, que é uma secretaria da presidência, deve ser extinta na atual reforma ministerial”, afirmou durante o evento do Grupo Lide.

Aprenda a investir na bolsa

Sobre as reformas e gestão da atual crise econômica, Padilha ainda afirmou que é importante que o governo sinalize que realizará corte de custos, reforçando a ideia de que é possível sair da crise. Por outro lado, ele alerta que que a recuperação econômica não será rápida, mas que o PMDB tem compromissos com a governabilidade.