Ministro envia pedido de nova perícia nos documentos de Renan Calheiros

Presidente do Senado aceita pedido de convocação de reunião da Comissão Representativa para discutir a crise aérea

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro da Justiça, Tarso Genro, enviou nesta quarta-feira (18) o pedido para realização de nova perícia nos documentos apresentados por Renan Calheiros, encaminhado pela Mesa Diretora do Senado. Tarso afirmou que não fez restrições e alterações no pedido, que deve ter a perícia concluída em vinte dias.

Para os novos relatores do processo, era necessário aprofundar as perícias nos documentos enviados por Renan. Agora o Conselho de Ética do Senado só deverá se reunir depois de concluídas as novas perícias realizadas pela Polícia Federal.

Renan é alvo de um processo por quebra de decoro parlamentar acusado de receber dinheiro da empresa Mendes Junior para pagamento de despesas pessoais, como aluguel e pensão para a jornalista Mônica Veloso, com quem tem uma filha.

Crise Aérea

Aprenda a investir na bolsa

O presidente do Senado aceitou o pedido para a convocação da reunião da Comissão Representativa do Congresso Nacional, feito pelo deputado Raul Jungmann, com o intuito de discutir a crise aérea. A Comissão, segundo o regimento da Casa, sempre é convocada durante os recessos parlamentares.

Jungmann pede que a comissão ouça o ministro da Defesa, Waldir Pires, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, o presidente da Infraero, José Carlos Pereira e o comandante da Força Aérea Brasileira, Juniti Saito, para contribuir no esclarecimento dos fatos e das medidas iniciais relacionadas ao tema.