Segundo jornal

Ministro do Supremo devolve a Janot primeira denúncia contra Renan pela Lava Jato

Denúncia contra senador baseia-se em inquérito ainda não concluído pela PF

SÃO PAULO – O ministro do Supremo Tribunal Federal responsável pela Operação Lava Jato na corte Teori Zavascki devolveu ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a denúncia apresentada contra o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) por corrupção e lavagem de dinheiro no esquema de corrupção na Petrobras.

A alegação seria que Janot, por não ter esperado a conclusão do inquérito da Polícia Federal contra o parlamentar, deveria complementar a denúncia com as informações da investigação policial. As informações foram dadas pelo blog do jornalista Fausto Macedo, d’O Estado de S. Paulo.

A reportagem lembra que o inquérito não foi concluído pela PF por ainda faltarem 10 dias do prazo estabelecido inicialmente. Mesmo assim, Janot apresentou nesta semana a primeira denúncia da Lava Jato contra Renan, acusando-o de receber R$ 800 mil em propinas por meio de doações eleitorais ao PMDB.

PUBLICIDADE