Ministro das cidades debate utilização do PAC com fins eleitorais, diz jornal

Reportagem afirma que Partido Progressista debateu em reunião estratégia para associar obras aos seus prefeitos e congressistas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ministro das Cidades, Márcio Fontes (PP), discutiu com colegas de partido a melhor forma de obter benefícios eleitorais utilizando as obras do PAC (Programa de Aceleração de Crescimento), segundo o jornal Folha de São Paulo.

Em reunião realizada com congressistas e líderes do Partido Progressista, como Francisco Dornelles – presidente da legenda -, Paulo Maluf e Severino Cavalcanti, Fontes teria afirmado que a estratégia de buscar a vinculação das obras do plano com o partido teria se transformado em rotina.

Palanque

O conteúdo da reportagem vai ao encontro das acusações por parte da oposição de que o programa seria utilizado por governistas com fins eleitorais. A pasta das cidades controladas pelo PP possui uma das maiores fatias das verbas destinadas ao programa.

Aprenda a investir na bolsa

Ademais, o ministro teria afirmado que obriga os prefeitos que não desejam ir às inaugurações a comparecer, assim como apoiaria e incentivaria a presença de diversos parlamentares do partido nelas. O objetivo seria o de promover suas candidaturas aos governos municipais na eleição de outubro deste ano.