Ministro adia prazo para a redução de poluentes nos combustíveis

Segundo Carlos Minc, até 2012 100% da frota a diesel nacional será obrigada a rodar com tipo S-10, menos poluente

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na próxima terça-feira (9) será proposto ao Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) que, a partir de 2012, a frota de ônibus, caminhões e automóveis movidos a diesel seja abastecida com o mesmo padrão de combustível que a Europa adotará no próximo ano.

A proposta vem para tentar amenizar críticas ao Governo, que teria desrespeitado as questões ambientais, uma vez que após três rodadas de negociação, o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc recuou em sua proposta original e decidiu estender o prazo para a redução de poluentes.

S-10

Em troca do adiamento, o ministro estabeleceu que a partir do dia 1 de janeiro de 2012, 100% da frota a diesel deverá rodar com o diesel S-10 (com dez partes por milhão), considerado um combustível menos poluente que o utilizado hoje.

Aprenda a investir na bolsa

Atualmente, os veículos a diesel representam cerca de 10% da frota nacional, no entanto, são responsáveis por quase metade da emissão de poluentes. O atraso na adaptação do combustível poderia representar a emissão de mais de 84 mil toneladas extras de poluente na atmosfera, entre 2009 e 2011, segundo a Petrobras.