RADAR INFOMONEY Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Ministra da Casa Civil afirma que o governo irá manter as metas fiscal e inflacionária

Dilma Rousseff afirmou que a meta de superávit primário não irá mudar e responsabilidade fiscal vai ser aprofundada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A ministra da Casa Civil Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira que o presidente reeleito Luiz Inácio Lula da Silva irá manter a meta fiscal e inflacionária do primeiro mandato.

Essa declaração vem acalmar os temores de parte do mercado sobre a possível adoção de uma política mais desenvolvimentista nos próximos anos sem a devida austeridade fiscal.

O próprio ministro da Fazenda, Guido Mantega, sinalizou uma flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal. No entanto, após a confirmação da vitória eleitoral, o presidente Lula afirmou que manteria uma política de gastos responsável.

Aprimoração das reformas

Aprenda a investir na bolsa

No mesmo sentido, Dilma Rousseff afirmou que o ajuste fiscal deve ser aprimorado e as reformas aprofundadas. Quanto às metas de inflação, a ministra acredita que a desaceleração dos índices de preços deve continuar.

No momento, a composição dos ministérios ainda não é certa, segundo Dilma. Ela evitou comentar sua permanência, e de outros políticos, no governo.