Segundo blogueira

Michel Temer tem duas cartas decisivas para convencer PSDB a ficar no governo

Tucanos podem decidir hoje se ficam ou saem da base da gestão peemedebista

SÃO PAULO – Em meio à possibilidade de os tucanos abandonarem o barco governista, o PMDB se mobilizou para dar duas sinalizações favoráveis ao PSDB. Conforme conta a jornalista Andréia Sadi, do G1, interlocutores do presidente Michel Temer sinalizam ao principal fiador de seu governo com duas cartas: apoio à candidatura tucana nas eleições presidenciais de 2018 e apoio para salvar o mandato de Aécio Neves (MG), no Conselho de Ética do Senado.

O PSDB se reúne nesta segunda-feira (12) para definir os rumos do partido em relação ao atual governo. Nas últimas semanas, Temer procurou o governador Geraldo Alckmin — tidos como um dos principais pré-candidatos tucanos à presidência — para pedir ajuda no controle de possível debandada do partido da base aliada. O governador e o prefeito de São Paulo, João Doria, já deram declarações que foram interpretadas como apoio ao governo, a despeito da recente crise.

A proposta tentadora do governo para auxiliar na manutenção do cargo de senador a Aécio Neves faz uso do nome do senador João Alberto, aliado de Romero Jucá, Temer e José Sarney, e que preside o conselho de ética no momento. Conta a jornalista do G1 que o parlamentar tem sinalizado a colegas que pode protelar o processo de cassação do tucano.

PUBLICIDADE