RADAR INFOMONEY AO VIVO Balanços de Petrobras, Vale, Bradesco, Ambev e PDA vêm acima do esperado, mas qual surpreendeu mais?

Balanços de Petrobras, Vale, Bradesco, Ambev e PDA vêm acima do esperado, mas qual surpreendeu mais?

Mercado mexicano reage mal a manifestações a favor do oposicionista Lopez Obrador

Bolsa e moeda mexicana encerraram em baixa, após manifestantes fecharem principal avenida da Cidade do México

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A polêmica referente às eleições presidenciais de 2006 continua abalando os nervos do mercado mexicano.

Nesta segunda-feira (31), a bolsa de valores do México teve forte queda, com investidores receosos acerca de uma possível escalada de violência por parte dos apoiadores de Andrés Manuel Lopez Obrador.

Manifestações

Os simpatizantes do candidato oposicionista deram início a uma campanha de desobediência civil na noite de domingo (30), bloqueando alguns dos pontos mais movimentados da Cidade do México.

Aprenda a investir na bolsa

Dentre os locais “tomados” pelos manifestantes encontra-se a boulevard Reforma, avenida que abriga o mercado de ações do México, hotéis de luxo, escritórios do governo e, também, a embaixada norte-americana.

Embora nenhuma pessoa tenha sido impedida de adentrar os prédios onde trabalha, o protesto causou grandes transtornos.

Mercado nervoso

Refletindo o nervosismo, o peso mexicano caiu 0,7% em relação ao dólar. A bolsa mexicana recuou 0,8%.

De acordo com os analistas de mercado, a incidência de protestos como esse pode “tornar as coisas difíceis”.

Obrador pede desculpas

Andrés Lopez Obrador pediu desculpas àqueles que não apóiam sua causa, porém, justificou a atitude como sendo algo necessário para “salvar a jovem democracia do México”.

“Eu espero que algum dia eles nos entendam, entendam que essa luta é necessária não apenas para nós, mas para todos”, declarou Obrador em discurso ocorrido na Cidade do México.

PUBLICIDADE