Eleições

Mercadante irá tirar licença do governo para ajudar campanha de Dilma Rousseff

O ministro já atuava informalmente na coordenadoria da campanha de Diloma, mas agora irá oficializar sua participação

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dilma Rousseff (PT) confirmou nesta terça-feira (7), que o ministro Aloizio Mercadante irá se licenciar do governo para reforçar a coordenação de sua campanha para o segundo turno das eleições presidenciais, que ocorrerão no próximo dia 26.

Vale lembrar que o ministro já atuava informalmente na coordenadoria da campanha de Dilma, mas agora irá oficializar sua participação, ocupando o cargo junto com outros integrantes da coordenação, como o presidente do PT, Rui Falcão, o tesoureiro da campanha, Edinho Silva, além de o ex-ministro Franklin Martins, o marqueteiro João Santana e o, também licenciado, ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rossetto.

Além deles, apoiam também a candidatura de Dilma Rousseff, os ministros Gilberto Carvalho, que tirou férias, bem como Ideli Salvatti e Manoel Dias. Vale mencionar que, por se tratar de trabalho de militância, integrantes da campanha disseram ao site da Folha que não receberiam durante o período.

Aprenda a investir na bolsa