Ajuste nas contas

Mercadante diz que o governo precisa fazer ajuste fiscal

“Em 2014 tivemos que aumentar o esforço da política anticíclica para manter emprego e, paralelamente, o governo acelerou investimentos públicos. Isso coloca o problema do superávit [primário]. O país vai ter que fazer ajuste fiscal”

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou hoje em Brasília que o governo precisa fazer ajuste fiscal. Ele falou hoje na abertura de evento para discutir uma agenda de trabalho para a indústria nacional. 

“Em 2014 tivemos que aumentar o esforço da política anticíclica para manter emprego e, paralelamente, o governo acelerou investimentos públicos. Isso coloca o problema do superávit [primário]. O país vai ter que fazer ajuste fiscal”. Mercadante afirmou que o governo acelerou os investimentos em 34% no geral. Em 2015, o superávit primário será o objetivo principal, destacou.

Mercadante ainda falou ser fundamental que o Congresso Nacional aprove o projeto de lei do Executivo que propõe a flexibilização da meta fiscal deste ano. 

Aprenda a investir na bolsa

Ao falar sobre a agenda para a indústria, o ministro destacou que o “objetivo é concentrar para resolver e pactuar, com metas e com prazos” e que os “grupos de trabalho devem apresentar propostas até a 1ª semana de dezembro”.