Ex-presidente do BC

Melhor inflação convergir para meta logo, diz ex-presidente do BC Henrique Meirelles

"Não há uma fórmula mágica para isso, mas tem que haver uma demonstração de política que leve os agentes econômicos a passarem a acreditar nisso", afirmou o ex-presidente do BC

SÃO PAULO – Quanto mais cedo os agentes econômicos acreditarem na convergência da inflação para a meta, menos custoso será e o Banco Central precisaria elevar menos a Selic. Não há fórmula mágica para trazer a inflação para o centro da meta, mas será melhor para o Brasil que isso ocorra logo. Esta é a análise do ex-presidente do Banco Central no governo Lula, Henrique Meirelles, em seminário realizado no Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo. 

“Não há uma fórmula mágica para isso, mas tem que haver uma demonstração de política que leve os agentes econômicos a passarem a acreditar nisso”, afirmou. 

 Meirelles também disse que não acredita que a alta de juros nos EUA atrapalhe a convergência do IPCA para a meta. Ele destaca que a elevação dos juros nos EUA é um passo importante, mas há o temor de que ele leve ao estouro de “bolhas” de ativos.

PUBLICIDADE

“O que tem sido levantado é o risco de que exista uma bolha de ativos no mundo todo e que a normalização pode levar ao estouro. Isso, sim, é um problema. Mas se ela acontecer no momento correto, a normalização pode levar ao impedimento da formação de bolha”, afirmou.