Economia

Meirelles revela pauta de reunião com Temer e anunciará detalhes do orçamento 2017 na 2ª feira

O ministro ainda fez um alerta, ressaltando que "se as despesas continuarem a crescer no mesmo ritmo, vira um quadro insustentável ao longo do tempo"

SÃO PAULO – Ainda na manhã desta sexta-feira (19), diversos jornais informaram que o presidente interino Michel Temer convocou diversos ministros, líderes do governo e a cúpula do Congresso para reunião na sede do Banco do Brasil, em São Paulo. Não havia detalhes e as poucas informações eram de que o encontro seria para tratar sobre a economia e que o governo pretendia acertar a estratégia para aprovar o ajuste fiscal.

Porém, agora à noite, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que participou do encontro, falou um pouco e mostrou que realmente a reunião foi para tratar do cenário econômico e das medidas de ajuste fiscal. Em coletiva à jornalistas após a reunião, o ministro disse que o encontro foi para definir pontos da proposta de orçamento de 2017.

Segundo ele, as principais diretrizes dizem respeito ao crescimento dos gastos, sendo que as despesas de 2017 serão as mesmas de 2016 mais uma inflação prevista de 7,2%. “Iniciaremos uma série de debates com as diversas bancadas do Congresso, do Senado para discutir todas essas questões”, afirmou Meirelles, que disse que os detalhes irão para o Congresso na segunda-feira.

PUBLICIDADE

O ministro ainda fez um alerta, ressaltando que “se as despesas continuarem a crescer no mesmo ritmo, vira um quadro insustentável ao longo do tempo”, apesar de acreditar que a dívida do país ainda é totalmente financiável.

Por fim, Meirelles disse que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já fez seu prognóstico de que até início de novembro deve ser votado em segundo turno na Casa o limite de teto dos gastos e ser aprovado pelo Senado até o fim do ano.