Meirelles e Lula elogiam resultado do PIB brasileiro no primeiro trimestre

Meirelles destaca que País já se recuperou da crise com medidas consideradas "modelo"; Lula chama o resultado de "exuberante"

SÃO PAULO – O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, classificou o avanço de 9% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro na comparação com o mesmo trimestre do ano passado como uma “expansão vigorosa”. Meirelles avaliou que o País já se recuperou integralmente da crise de 2008 e 2009 através de uma sequência de medidas consideradas “modelo” internacionalmente.

Meirelles destacou as ações para dar liquidez em reais e em moeda estrangeira, com o uso das reservas internacionais do País para substituir a escassez de linhas de comércio exterior. “Depois de restaurada a funcionalidade dos mercados, houve a adoção de estímulos fiscais, como as isenções de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), incentivos à construção civil de baixa renda, e os estímulos monetários e creditícios”, acrescentou.

Segundo ele, os destaques foram, pelo lado da oferta, o crescimento da indústria e agropecuária, os setores mais afetados pela crise. Ele ainda ressaltou a contribuição da demanda doméstica, impulsionada pelo aumento do emprego e da renda.

PUBLICIDADE

Lula 
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva também teceu elogios ao resultado do PIB, e chamou o crescimento de “exuberante”. Em discurso a agricultores familiares de Fortaleza, ele aproveitou para alfinetar a oposição. “Vocês viram que eu fui esculhambado quando disse que a crise seria só uma marolinha aqui no Brasil”, disse.