Eleições 2018

Meirelles diz que próximo presidente será de centro-direita e que Doria “está crescendo muito rápido”

Meirelles está na Alemanha para participar de uma reunião dos ministros da Fazenda dos países do G20 

SÃO PAULO – Um candidato de centro-direita e favorável à agenda de reformas estruturais da economia deve ganhar as eleições de 2018 no Brasil, na avaliação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Em um evento em Frankfurt, na Alemanha, Meirelles afirmou ainda que o nome do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), “está crescendo muito, muito rápido”.  “Acho que no fim do dia, as chances são de que esses candidatos [pró-reformas] prevaleçam”, afirmou.

Segundo o jornal Valor Econômico, Meirelles também fez menção, sem citar nomes, a um candidato de direita, militar, que também cresce nas pesquisas, em uma referência ao deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A fala do ministro foi em resposta a uma pergunta sobre como a aproximação do período eleitoral pode afetar o andamento das reformas.

Na avaliação de Meirelles, os candidatos de centro, centro-direita e os moderados serão favoráveis às reformas previdenciária e trabalhista, propostas pelo governo de Michel Temer, mas “evidentemente”, o ex-presidente Lula se posicionará de maneira contrária.

PUBLICIDADE

Meirelles está na Alemanha para participar de uma reunião dos ministros da Fazenda dos países do G20 e participou nesta quinta-feira de um evento promovido pelo Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês).