Ex-BC fala

Meirelles: alteração na meta é negativa, mas saldo é positivo com nova equipe econômica

Segundo Meirelles, a alteração da LDO que permite a flexibilização da meta de superávit primário é negativo para a credibilidade do Brasil, mas a nova equipe indica uma sinalização positiva para os próximos anos

SÃO PAULO – Em palestra hoje para comemoração dos 65 anos do Grupo Coimex, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles traçou um cenário para a economia brasileira nos próximos anos e também falou sobre assuntos mais recentes, como a alteração na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e a nova equipe econômica. 

Segundo Meirelles, a alteração da LDO que permite a flexibilização da meta de superávit primário no ano de 2014 pode ser negativo para a credibilidade do Brasil. Contudo, o anúncio da equipe econômica para o novo governo de Dilma Rousseff, com Joaquim Levy na Fazenda, Nelson Barbosa no Planejamento e a manutenção de Alexandre Tombini no Banco Central vai em um outro sentido, sendo bastante positivo para a credibilidade econômica. 

Assim, o saldo pode ser positivo, afirmou. Por outro lado, ele destacou que os anúncios iniciais foram na direção certa, ainda que seja pré-maturo falar sobre os anúncios da nova equipe e é preciso “aguardar o que nos reserva”. Meirelles ainda afirmou que é preciso priorizar o ajuste fiscal para equilibrar a dívida pública e estabilizar a economia.