Mudança de casa

Marta formaliza hoje saída do PT e diz que partido se afastou de princípios, diz Folha

Segundo as informações da coluna Painel, a senadora formaliza sua desfiliação do PT depois de 33 anos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – De acordo com informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a senadora Marta Suplicy formaliza nesta terça-feira a sua desfiliação do PT depois de 33 anos.

E, na carta em que justifica a sua saída do partido, Marta diz: “No meu sentir, e de toda a nação, os princípios e o programa partidário do PT nunca foram tão renegados pela própria agremiação, de forma reiterada e persistente”.

Marta discute a titularidade do seu mandato na carta de quatro páginas ao afirmar que teve em 2010 mais de 8 milhões de votos e, por isso, deve fidelidade primeiro aos eleitores.

PUBLICIDADE

Para se precaver de uma tentativa de reivindicação do seu mandato por parte do PT, a senadora afirma que o partido “se afastou completamente” dos princípios que a levaram a ajudar a criá-lo. E, segundo o jornal, a senadora não anunciará imediatamente o seu destino, ficando sem partido por algum tempo, enquanto prepara a sua filiação ao PSB. 

Nos últimos meses, a senadora vem fazendo críticas bastante contundentes ao seu partido. Em entrevista à Revista Veja no último final de semana, a senadora afirmou que o PT traiu o Brasil e que o partido já não tem mais projetos para o País, justificando sua saída do partido que milita desde o início de 1980. Ela disse que decidiu romper com a legenda após um mensalão e um petrolão, que descreveu como ”avalanche de corrupção”.