Perdendo reforços

Mark Ruffalo retira apoio à candidatura de Marina Silva por causa de casamento gay

O intérprete de Hulk nos cinemas disse que não pode apoiar uma candidata que tem uma abordagem tão dura sobre questões relacionadas aos direitos dos homossexuais.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ator Mark Ruffalo, mais conhecido por seu papel como Hulk nas telonas, retirou seu apoio para a candidata presidencial e ativista ambiental brasileira, Marina Silva (PSB), por causa da oposição da pessebista à legalização do casamento gay.

Em um post em sua conta no Tumblr, o ator disse que estava retirando seu apoio à candidatura de Marina depois de descobrir que o partido dela tinha recuado no apoio jurídico completo para o casamento gay.

“Eu não posso, em sã consciência, apoiar uma candidata que tem uma abordagem tão dura sobre questões relacionadas aos direitos dos homossexuais, mesmo que a candidata esteja disposta a fazer a coisa certa pelo meio ambiente”, disse.

PUBLICIDADE

Após apresentar seu plano de governo, Marina retirou um trecho que apoiava uma emenda constitucional que garante o casamento gay, afirmando que essa parte havia sido incluída por engano no processo de edição. A alteração foi determinada após a campanha pessebista receber várias críticas de líderes de igrejas evangélicas. Marina frequenta a Assembléia de Deus.

Seu programa está alinhado com os benefícios conferidos por lei aos casais, em consonância com a decisão da Suprema Corte de 2011.

Em resposta à Ruffalo, Marina postou em sua conta no Twitter que ela apoia “o casamento civil gay e expressa isto em seu programa de governo”.