Marinha japonesa deixa escapar mais dados de militares dos EUA

Revelação do vazamento de informações poderá afetar a implementação de material militar norte-americano no país

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Japoneses que investigam o vazamento de informação do sistema de defesa de mísseis Aegis descobriram que mais dados sensíveis dos militares norte-americanos foram desviados.

Os dados adicionais incluem “o nível mais alto de informações” relativas aos interceptores de mísseis baseados no mar (Standard Missile-3) e ao sistema Link 16, usado para troca de informações de satélites de reconhecimento entre o Japão e os EUA.

Prejuízo ao Japão

A revelação do vazamento de informações causou mais embaraço para o Japão e poderá afetar a implementação de material militar norte-americano no país e os planos do Japão de comprar jatos F-22A Raptor.

PUBLICIDADE

Atualmente, o Japão solicita aos EUA informações confidenciais relacionadas a esses jatos.

Investigações

No último sábado (19), a polícia fez uma busca em uma escola marítima de Hiroshima, como parte da investigação, e confiscou computadores pessoais e equipamentos de armazenamento.

Até agora, não há indícios de que a informação vazou além do JMSDF, mas a investigação ainda não terminou. Como os sistemas de defesa são usados pelos militares dos EUA, um vazamento maior afetaria este país e outros aliados.