Eleições

Marina X Aécio: disputa para a outra vaga no 2º turno da eleição promete ser emocionante

"Os números e a dinâmica das últimas pesquisas mostram um quadro indefinido a quatro dias do primeiro turno", ressalta a LCA Consultores

SÃO PAULO – O Ibope e o Datafolha divulgaram suas pesquisas na noite da última terça-feira (30), mostrando uma consolidação de Dilma Rousseff (PT) no primeiro lugar na corrida presidencial e a ameaça de Aécio Neves (PSDB) à Marina Silva (PSB) pela outra vaga no segundo turno das eleições presidenciais. Os institutos mostram crescimento de Dilma e retração de Marina na simulação de segundo turno, porém a vantagem da presidente é maior no Datafolha.

“Os números e a dinâmica das últimas pesquisas mostram um quadro indefinido a quatro dias do primeiro turno”, ressalta a LCA Consultores.

Para eles, o cenário mais provável para o desfecho do primeiro turno continua sendo a classificação de Dilma e Marina para a segunda fase da disputa. Mas a possibilidade de Dilma ganhar no primeiro turno e de Aécio superar Marina não podem ser desconsideradas, embora a primeira alternativa nos pareça a de menor probabilidade”, afirma a LCA.

Segundo a Arko, “nos últimos dias de campanha, o embate entre Marina
Silva e Aécio Neves promete ser emocionante”. 

Relembre os números
Na disputa de primeiro turno, Dilma tem 39% das intenções de voto, Marina 25% e Aécio 19%, segundo o Ibope. No Datafolha, Dilma, Marina e Aécio surgem com 40%, 25% e 20%, respectivamente, aponta a LCA. “Quando examinamos as pesquisas dos últimos sete dias, se constata que Dilma permaneceu no patamar de 40% na maior parte do tempo. Marina também conseguiu se estabilizar no percentual de 25%. Já Aécio, tem oscilado entre 18% e 20%”, afirma a consultoria. 

Nas simulações de segundo turno entre Dilma e Marina, o Ibope registrou uma diferença apertada a favor da presidente: 42% a 38%. No Datafolha, a vantagem de Dilma sobre Marina é de 8 pontos (49% a 41%). Este resultado está em linha com os percentuais encontrados pela MDA e Vox Populi. Já as simulações de um segundo turno entre Dilma e Aécio apresentaram menor diversidade. No Ibope, a diferença a favor de Dilma é de 10 pontos (45% a 35%). No Datafolha, o diferencial ficou em 9 pontos (50% a 41%).