Nova acusação

Marina Silva é acusada mais uma vez de plágio em programa, desta vez de Revista da USP

Trechos usados no "eixo 3" sobre educação, cultura, ciência, tecnologia e inovação teriam sido copiados de um artigo publicado pela edição da Revista da USP de 2011 sem citar fonte nem autor

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após o candidato do PSDB Aécio Neves ter acusado Marina Silva (PSB) de ter plagiado um trecho do Plano Nacional de Direitos Humanos do governo de Fernando Henrique Cardoso, de 2002, desta vez, o site Muda Mais, ligado à campanha de Dilma Rousseff (PT), acusou a campanha da candidata de cópia.

Trechos usados no “eixo 3” sobre educação, cultura, ciência, tecnologia e inovação teriam sido copiados de um artigo publicado pela edição número 89 da Revista da USP (março/maio 2011) sem citar fonte nem autor. Confira o artigo de Luiz Davidovich, publicado na revista, clicando aqui

Um dos tópicos refere-se à importância de se apoiar a energia nuclear no Brasil e foi retirado horas depois do lançamento do programa, alegando “erro de revisão”. 

Aprenda a investir na bolsa

Conforme destacado, há alguns trechos que são repetidos entre o programa de Marina e o artigo de Davidovich. Confira alguns trechos:

Programa de governo de Marina Silva : “Aperfeiçoar e aumentar a escala dos atuais programas de promoção de energias fotovoltaica e eólica, utilização do hidrogênio em células combustíveis, fundamentais para que o país se torne um ator relevante nesses setores, que serão vitais para a sociedade do futuro”.

Página 18 do artigo de Luiz Davidovich na Revista USP nº89 “Aperfeiçoar e aumentar a escala dos atuais programas de promoção de energias fotovoltaica e eólica, utilização do hidrogênio em células combustíveis e energia nuclear, fundamentais para que o país se torne um ator relevante nesses setores, que serão vitais para a sociedade do futuro”.

Programa de governo de Marina Silva: Fortalecer o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária e as políticas de CT&I e agrícola com vistas a avançar na sustentabilidade da agricultura brasileira, desenvolvendo, aperfeiçoando e difundindo de forma ampla tecnologias eficientesde produção que conservem o solo, usem de forma eficiente a água, sejam compatíveis com a preservaçãodo meio ambiente e da biodiversidade e permitam o aumento da produção sem expansãosignificativa da área ocupada. O enobrecimento da produção de origem agrícola pressupõe também permitir a redução do peso da exploração dos recursos naturais e da importância dos custos da mão de obra na competitividade dos produtos. Será necessário ainda incorporar determinadas oportunidades para elevar a produtividade e a sustentabilidade, como é o caso das pequenas propriedades e da agricultura familiar.

Revista da USP: Fortalecer o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária e as políticas de CT&I e agrícola comvistas a avançar na sustentabilidade da agricultura brasileira, desenvolvendo, aperfeiçoando edifundindo de forma ampla tecnologias eficientes de produção que conservem o solo, usem de forma eficiente a água, sejam compatíveis com a preservaçãodo meio ambiente e da biodiversidade e permitam o aumento da produção sem expansão significativa da área ocupada. O enobrecimento da produção de origem agrícola pressupõe tambémpermitir a redução do peso da exploraçãodos recursos naturais e da importância dos custosda mão de obra na competitividade dos produtos. Será necessário ainda incorporar determinadasoportunidades para elevar a produtividade e asustentabilidade, como é o caso das pequenas propriedades e da agricultura familiar.

Programa de governo de Marina Silva: Consolidar a liderança mundial do país na área de biocombustíveis, adotando para isso – em estreita articulação com o setor produtivo nacional – um vigoroso programa de pesquisa, desenvolvimento, inovação e difusão de tecnologias.

Revista da USP: Consolidar a liderança mundial do país na área de biocombustíveis durante a próxima década, adotando para isso – em estreita articulação com o setor empresarial nacional – um vigoroso programa de pesquisa, desenvolvimento, inovação e difusão de tecnologias voltado para a produção e o uso de bioenergias.

PUBLICIDADE