Eleições

Marina nas eleições reacende movimento Volta Lula, ressalta Folha

A expectativa de que a ex-senadora aparecesse nas próximas pesquisas eleitorais com chances reais de vitória, impulsionada pela comoção da trágica morte de Campos e pelo desejo de mudança, poderia ameaçar as eleições

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Alguns segmentos do PT veem a entrada de Marina Silva na disputa como uma ameaça às eleições presidenciais para o partido, acendendo as perspectivas de um Volta Lula, aponta a Folha de S. Paulo

O grupo é composto por lideranças petistas, mas também por empresários descontentes com a gestão de Dilma Rousseff.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a expectativa de que a ex-senadora aparecesse nas próximas pesquisas eleitorais com chances reais de vitória, impulsionada pela comoção da trágica morte de Campos e pelo desejo de mudança, poderia ameaçar as eleições. A mudança não se concretizou para o nome de Lula antes, aponta o jornal pois, mesmo nos piores momentos, como no auge dos protestos de junho, Dilma nunca teve risco real de derrota. 

Agora, com o Datafolha, os temores de certa ala petista se confirmam, uma vez que Marina aparece vencendo Dilma no primeiro turno. Na simulação de um segundo turno, Marina, que deve ser apresentada oficialmente como presidenciável do PSB na quarta-feira, está numericamente à frente da presidente, com 47% de apoio, ante 43% de Dilma. Ainda que a diferença seja de quatro pontos porcentuais, as duas estão tecnicamente empatadas nos limites máximos da margem de erro de 2 pontos porcentuais para cima ou para baixo.