Eleições 2014

Marina aparece na frente de Dilma no 2º turno, mostra pesquisa encomendada pelo PSB

PSB encomendou pesquisa com 30.000 eleitores no dia seguinte à morte de Eduardo Campos segundo informações do blog "Radar on-line", da Veja

SÃO PAULO – Se o PSB ainda tinha alguma dúvida sobre lançar Marina Silva como substituta de Eduardo Campos na corrida presidencial, uma pesquisa encomendada pelo próprio partido no dia seguinte da morte do seu candidato pode ter sido bem esclarecedora para os mais resistentes à ideia.

Segundo informações publicadas neste sábado (16) no blog Radar on-line, da Vejao PSB encomendou uma pesquisa telefônica com 30.000 entrevistas na quinta-feira (14). O levantamento mostrou que no 1º turno Dilma Rousseff (PT) aparece em primeiro lugar, mas com Marina Silva pouco à frente de Aécio Neves (PSDB) – empatada, se considerada a margem de erro.

Na simulação de segundo turno, a pesquisa do PSB mostra Marina Silva ganhando de Dilma Rousseff, embora também dentro de um cenário de empate técnico, informa o blog.

PUBLICIDADE

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo deste sábado, o PSB selou acordo para que Marina Silva seja a candidata a presidência, superando as divergências internas. “A candidatura de Marina contempla nosso projeto. Será uma solução de continuidade. O PSB indicará o novo vice”, disse Amaral à Folha. O partido descartou também a hipótese de que Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, seja candidata à vice presidência na chapa.

Vale lembrar que nesta segunda-feira (18) deve ser divulgada a nova pesquisa Datafolha, que compilou as opiniões dos eleitores entre dia seguinte à morte de Eduardo Campos até este sábado, e incluirá Marina Silva como presidenciável do PSB. O levantamento também perguntará ao eleitorado se o PSB deve indicar outra pessoa como presidenciável ou abrir mão de lançar candidatura própria.