Além de Kátia Abreu...

“Mãos de tesoura”: PT é contra o nome de Joaquim Levy para a Fazenda

Este seria um dos motivos para que Dilma deixasse o anúncio para esta semana, informa o Estadão: apaziguar as resistências internas no PT

SÃO PAULO – Além do nome de Kátia Abreu (PMDB-TO) para Agricultura, os assessores de Dilma Rousseff dizem que, apesar de já escolhido o nome de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda, o PT resiste ao nome do ex-secretário do Tesouro para o lugar de Guido Mantega, de acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo deste domingo.

Este seria um dos motivos para que ela deixasse o anúncio para esta semana: apaziguar as resistências internas no PT – alguns dirigentes chegam a chamar Levy de “mãos de tesoura” em razão de sua ortodoxia econômica.

Outra preocupação também está em jogo: o governo quer aprovar antes do anúncio o projeto que flexibiliza a meta de superávit primário. O anúncio da equipe será feito até quinta-feira

PUBLICIDADE

A escolha de Levy para a Fazenda, Nelson Barbosa para o Planejamento e da permanência do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para compor o triunvirato da equipe econômica, foi vazada por integrantes da equipe de Dilma na última sexta-feira. Extraoficialmente, os repórteres foram informados de que o anúncio seria feito naquele dia. Depois o Planalto divulgou, oficialmente, que nada seria anunciado.

(Com Agência Estado)