AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CFO da Iguatemi fala sobre os números da empresa e o futuro dos shoppings; assista

Por Dentro dos Resultados: CFO da Iguatemi fala sobre os números da empresa e o futuro dos shoppings; assista

Mantega tenta vetar maior reajuste para aposentados; Meirelles exalta economia

Ministro irá propor a Lula que vete aumento de aposentadoria acima do acordado; Meirelles enaltece práticas do Banco Central

SÃO PAULO – Autoridades monetárias movimentam o noticiário nesta quarta-feira (14). Enquanto o ministro da Fazendo, Guido Mantega, afirma que irá propor veto ao aumento de aposentadorias acima do definido em acordo, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, enaltece o bom momento vivido pela economia do País. 

Tentativa de veto
Mantega disparou que irá propor ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que vete qualquer proposta que eleve o valor das aposentadorias que extrapole aquele acordado previamente, conforme informações da Agência Brasil. 

Segundo o ministro, o patamar anteriormente previsto, de 6,14%, dá ganho real aos aposentados que ganham mais que um salário mínimo. “Vamos indicar ao presidente o veto, caso haja proposta com valor maior”.     

Enquanto isso, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccareza (PT-SP) deseja colocar o texto que define o reajuste aos aposentados já na próxima quinta, “com ou sem acordo”. 

Obstáculos não importam
Já Meirelles, afirmou na que o Brasil “saiu de um círculo vicioso e passou para um ciclo virtuoso na economia, ao perseguir metas seguras para a política macroeconômica”. Para ele, o fato resultou em estabilidade interna e contração do risco-país. 

Ademais, o presidente do BC disse ainda os obstáculos no caminho, que sempre são recebidos com grande repercussão, “importam pouco, pois o mais relevante é o resultado final, ou seja, o que vai ser pago pela sociedade”.

PUBLICIDADE