Troca de cadeiras

Mantega na corda bamba: Tombini pode assumir Fazenda ainda em 2014, diz Valor

Presidente do Banco Central assumiria o Ministério da Fazenda com o compromisso de permanecer em um novo governo Dilma, destaca a publicação

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Se houver uma pressão ainda maior do cenário econômico para a corrida à reeleição, a presidente Dilma Rousseff pode antecipar mudanças no ministério da fazenda, que estavam previstas só para 2015.

E uma das alterações que estão à mesa, segundo o jornal Valor Econômico desta quinta-feira, é a saída de Guido Mantega do ministério para a entrada de Alexandre Tombini, atual presidente do Banco Central. Nesse caso, o presidente do Banco Central assumiria o Ministério da Fazenda com o compromisso de permanecer em um novo governo Dilma. Estas mudanças estavam previstas anteriormente só no caso de reeleição da presidente.

Se as informações se concretizem, Tombini seria o primeiro ministro da Fazenda desde 2003 com perfil mais técnico e sem uma ligação forte com o PT.

Aprenda a investir na bolsa

Para o lugar de Tombini no Banco Central, o nome mais cotado é de Luiz Awazu Pereira, diretor de Assuntos Internacionais, de acordo com a publicação.