Manifesto

Manifesto em apoio a promotores que pedem prisão de Lula chega a mais de mil assinaturas

O manifesto de apoio aos promotores é uma resposta a uma crítica aos que pediram a prisão de Lula - o manifesto contrário começou a circular na sexta e já tem cerca de cem assinaturas, também de promotores e procuradores

SÃO PAULO – Diversos promotores e procuradores divulgaram manifesto no último sábado (12) em apoio aos promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Henrique Araujo, que denunciaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pediram sua prisão preventiva; A ex-primeira-dama Marisa Letícia, o filho mais velho do casal, Fábio Luiz (o Lulinha), o ex-presidente da OAS José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros 11 investigados também foram denunciados.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo e do jornal O Estado de S. Paulo, mais de mil promotores e procuradores já aderiram ao manifesto. Neste domingo, 13, dia de protestos em todo o País contra o governo federal, o número de assinaturas chegou a 1092, de promotores e procuradores de 22 estados. 

Os membros do Ministério Público brasileiro nominados vêm a público externar seu apoio ao trabalho dos Promotores de Justiça no caso BANCOOP, que envolve o ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. A atuação firme e independente demonstrada neste caso é fruto de meses de trabalho sério, dedicação e esforço em prol da sociedade brasileira. No exercício de suas funções constitucionais, muitas vezes o Ministério Público enfrenta forças políticas e econômicas de diferentes grandezas”, afirma o texto.

“Em tempos de crise, a força do Direito e das Instituições Democráticas é colocada à prova. Por isso, é indispensável atravessar a turbulência sem pôr em risco conquistas históricas, entre as quais a independência funcional e o poder investigatório dos membros do Ministério Público.  Assim, convictos dos fundamentos acima expostos, nós desejamos força e depositamos toda confiança no trabalho dos colegas Cássio Conserino, Fernando Henrique de Moraes Araújo e José Carlos Blat, pois devidamente alinhado à Constituição e às Leis da República”, completa o manifesto. 

Os promotores vêm sendo alvo de críticas após o pedido de prisão preventiva de Lula, que foi visto como excessivo por muitos especialistas. 

O manifesto de apoio aos promotores é ainda uma resposta a uma crítica aos que pediram a prisão de Lula e que começou a circular na sexta (11) e que já tem cerca de cem assinaturas, também feito por promotores e procuradores.  No manifesto contrário, há crítica ao pedido de prisão sem citar o nome de Lula: “a banalização da prisão preventiva aplicada, no mais das vezes, sem qualquer natureza cautelar e de outras medidas de restrição da liberdade vai de encontro a princípios caros ao Estado democrático de direito”.

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

InfoMoney faz nova atualização na Carteira Recomendada de março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

PUBLICIDADE