Ato pró-Lula

Manifestantes pró Lula interrompem homenagem à mãe de Moro na Câmara de Maringá

Com palavras de ordem em apoio ao ex-presidente Lula e ao PT, um grupo de militantes sindicais interrompeu o evento, mas manifestação foi sufocada por uma salva de palmas direcionadas à mãe de Moro de outras pessoas

SÃO PAULO – Um fato inusitado ocorreu durante homenagem da Câmara dos Vereadores de Maringá ao Dia Internacional da Mulher, na última terça-feira (8). 

Com palavras de ordem em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT, um grupo de militantes sindicais interrompeu o evento no momento em que Odete Moro, mãe do juiz responsável pela Operação Lava Jato, Sérgio Moro, era homenageada.

Os cerca de trinta manifestantes, de acordo com informações da Folha, gritavam: “Lula, guerreiro do povo brasileiro” e “partido…é dos trabalhadores”, sendo que alguns chegaram a vaiá-la. A manifestação foi sufocada por uma salva de palmas direcionadas à mãe de Moro de outras pessoas que acompanhavam o evento. A galeria da Câmara Municipal de Maringá comporta 300 pessoas. 

PUBLICIDADE

O vereador Ulisses Maia (PDT) indicou Odete Moro para ser homenageada; na sessão, cada um dos 15 vereadores da cidade poderia escolher uma homenageada. Um dos vereadores de Maringá criticou em entrevista à Folha o convite de Maia. “Ele usou ela em momento delicado e foi lamentável. Ele nem ao menos conhece ela. Ele quis apenas obter dividendos políticos, pois é candidato a prefeito neste ano”. Já o político do PDT, disse que escolheu a homenageada embasado no trabalho que ela desenvolve no setor social e por sua atuação como mãe. “O caráter do juiz Sergio Moro foi forjado por esta mulher”, disse ele. 


InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa