Manifestações

Manifestações anti-governo são realizadas em diversas cidades do País

Em todo o país, estão programadas manifestações a favor do impeachment em 415 cidades, segundo o movimento Vem pra Rua

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Diversas cidades terão, neste domingo (13), protestos em apoio ao combate à corrupção e a favor o impeachment da presidente Dilma Rousseff. E, nesta manhã, já se iniciaram os protestos em diversos municípios. 2 mil policiais do Distrito Federal garantem a segurança da população que participa da manifestação em Brasília. 

As pessoas começaram a se concentrar perto do Museu da República ainda às 9h. Agora, centenas de pessoas estão espalhadas por tda a Esplanada dos Ministério, passando pela Catedral de Brasília. Segundo o capitão da PM, Michelo Bueno, a expectativa é que 110 mil pessoas participem do evento. O evento na capital federal deve se estender até as 13h. O começo estava marcado para as 10h. O Boneco Pixuleco está montado em frente ao gramado do Congresso Nacional. 

Em todo o país, estão programadas manifestações a favor do impeachment em 415 cidades, segundo o movimento Vem pra Rua. Em algumas cidades, a Central Única dos Trabalhadores e movimentos mantiveram a realização de manifestações pró-governo e pró-Lula, tais como Fortaleza, Rio de Janeiro e Porto Alegre. A CUT convocou suas seccionais para uma manifestação a favor da democracia para a próxima sexta-feira, dia 18. No DF, o PT convocou nova manifestação para o dia 31 de março.

Aprenda a investir na bolsa

Em Belém, centenas de pessoas pró-impeachment estão em passeata pelo Bairro Umarizal. Em Maceió, na Praia da Jatiúca, há um trio elétrico e as pessoas começam a se concentrar na orla, que está interditada. No Rio de Janeiro, desde as 9h, começou a concentração da manifestação de apoio à Operação Lava Jato, à Polícia Federal e ao juiz Sergio Moro. Os manifestantes estão na Orla de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro,

Marca registrada do movimento Movimento Vem Pra Rua as camisas amarelas e verdes são maioria na altura do posto 5 da Avenida Atlântica. Três carros de som estão na avenida. Um deles traz uma faixa com a frase “Fora Comunismo”. O porta-voz do movimento diz, pelo microfone, para “as famílias de bem, de direita, contra o PT” participarem do ato.

Marcada para às 10h na orla da praia de Copacabana, zona sul do Rio, a manifestação ganha forma e três carros de som e centenas de pessoas já se posicionam na pista da Avenida Atlântica. Em Maceió, chama a atenção o “Jarareco”,  “mistura” da cobra jararaca com o boneco Pixuleko. 

Em São Paulo, os manifestantes se reunirão à tarde, na avenida Paulista, com a presença de diversos políticos de oposição. Os deputados Antonio Imbassahy (PSDB-SP), Pauderney Avelino (DEM-AM) e Rubens Bueno (PPS-PR) irão ao ato de São Paulo. O presidente do PSDB, Aécio Neves, também irá ao ato em São Paulo e deve discursar de cima dos carros do Vem Pra Rua e do MBL. Também devem estar presentes José Serra e Geraldo Alckmin. 

(Com Agência Brasil) 

Especiais InfoMoney:

PUBLICIDADE

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa