Principais Notícias

Mais uma vez, governo revê modelo para concessões de aeroportos

A presidente Dilma Rousseff pretende deixar as empreiteiras fora da disputa e restringir a licitação às operadoras estrangeiras

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após o desinteresse de grandes operadoras europeias e asiáticas em associar-se à Infraero, com uma participação minoritária, o governo recuou do modelo de concessão de aeroportos que vinha ganhando força nas últimas semanas e já pensa em uma nova alternativa, afirma o Valor Econômico.

 Agora, a aposta é voltar ao desenho de repassar à iniciativa privada uma fatia majoritária dos aeroportos do Galeão (RJ) e Confins (MG). 

Segundo a matéria, a presidente Dilma Rousseff resiste em aplicar o mesmo formato do leilão que concedeu três terminais estratégicos, em fevereiro.  A presidente pretende deixar as empreiteiras fora da disputa e restringir a licitação às operadoras estrangeiras. Também prefere um leilão no qual o vencedor não seja escolhido pelo maior valor de outorga, mas por pontuação que privilegie critérios técnicos.

Aprenda a investir na bolsa