Mais de 50% dos japoneses querem que partido de oposição vença as eleições

Em pesquisa, 56% dos japoneses afirmaram que querem que Partido Democrata do Japão ganhe as eleições

SÃO PAULO – Com a popularidade do primeiro-ministro japonês, Taro Aso, cada vez mais baixa, as perspectivas para o Partido Liberal Democrata, do qual faz parte, não são positivas para as próximas eleições, no dia 30 de agosto.

Segundo pesquisa do Mainichi Shinbum, feita com 1.045 pessoas, 56% querem que o Partido Democrata do Japão, o principal da oposição, saia vitorioso, um aumento de 3 pontos percentuais em relação à pesquisa feita em junho. A eleição decidirá os novos deputados da Câmara Baixa, que foi dissolvida na última terça-feira (21) por Aso.

Ainda com o governo

Considerando os japoneses que ainda pretendem votar nos candidatos do partido do governo, o percentual ficou em 23%, o que representa uma queda de 4 p.p. em relação à pesquisa anterior.

PUBLICIDADE

A taxa de aprovação ao Partido Democrata do Japão aumentou 2 p.p., atingindo um recorde de 36%, sendo que, para o Partido Liberal Democrata, houve queda de 2 p.p., atingindo 18%, a menor taxa desde que Aso assumiu o cargo de primeiro-ministro, em setembro do ano passado.

Aprovação do governo

A pesquisa também questionou os japoneses sobre a aprovação ao governo do atual primeiro-ministro e foi constatada uma nova queda, passando de 19% em junho, para 17% neste mês.