Mais de 14 milhões de eleitores devem ser multados pela Justiça Eleitoral

Eleitores que não justificam ausência na eleição não podem renovar seu passaporte e participar de concursos públicos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Cerca de 14 milhões de brasileiros estão em débito com a justiça eleitoral. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral, cerca de 11,6% dos eleitores não votaram e não justificaram sua ausência.

Segundo o Código Eleitoral, quem faltou a um dos turnos pode justificar sua ausência nas eleições até 60 dias após a votação. Caso contrário, o cidadão precisa pagar uma multa que varia de R$ 1,06 a R$ 3,51.

Problemas com a justiça

Entre as dificuldades causadas pela ausência, o eleitor fica proibido de renovar seu passaporte ou inscrever-se em concursos públicos. Se não justificar sua falta por três turnos seguidos, pode ter seu título cancelado.

Aprenda a investir na bolsa

No entanto, o baixo valor da multa e as leves penalidades estimulam o eleitor a não justificar sua ausência nas eleições. Entre os cidadãos que moram no exterior, mais da metade não compareceu às urnas no segundo turno e, destes, apenas 8,6% justificaram sua falta.