Renovação no Governo

Mais de 10 ministros já colocaram cargo à disposição, segundo Mercadante

De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, este é um gesto "diplomático" e de "agradecimento por ter participado" do atual governo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Atual ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou nesta quarta-feira (12) que mais de 10 ministros, incluindo ele mesmo, já entregaram uma carga colocando o cargo à disposição da presidente Dilma Rousseff (PT). O próprio Planalto teria pedido para que os chefes das pastas entregassem cartas até a próxima semana para que Dilma possa “se organizar”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Porém, Mercadante disse que este é um gesto “diplomático” e de “agradecimento por ter participado” do atual governo. “Estão chegando muitas (cartas) hoje, mas seguramente mais de 10, 15 ministros já apresentaram. Tem algumas que foram direto para o gabinete da presidenta”, disse o ministro. “É uma formalidade, foi uma sugestão minha, da Miriam Belchior, faz quem quiser”, completou Mercadante.

“É um gesto de gentileza, e não tem prazo. O governo vai até 31 de dezembro. É uma forma de demonstrar publicamente esse espírito que foi a campanha da presidente Dilma, de uma equipe nova e um governo novo”, afirmou o político. “Ela tem total liberdade, pode trocar o ministro que quiser na hora que achar oportuno”, disse.

PUBLICIDADE

Sobre os nomes, Mercadante desconversou e disse que não viu quais cartas chegara. Até o momento já se sabe que Marta Suplicy (Cultura), Mauro Borges (Desenvolvimento e Comércio Exterior), Manoel Dias (Trabalho) e Marcelo Néri (Assuntos Estratégicos), além do próprio Mercadante, entregaram cartas deixando o cargo à disposição.