Lula volta a falar sobre o projeto de transposição do rio São Francisco

Após o início das obras, o presidente afirma que 12,5 milhões de pessoas serão beneficiadas com o projeto

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva colocou em pauta durante seu programa de rádio matinal “Café com o Presidente”, um assunto que há algum tempo não grava discussões: a transposição do Rio São Francisco.

Lula voltou a ressaltar a importância do projeto para a região do semi-árido brasileiro, especialmente as regiões de Minas Gerais, Alagoas, Bahia e Sergipe próximas ao percurso do rio. O projeto prevê o desvio de 1,4% das águas do rio para revitalizar as áreas que sofrem com a seca.

Segundo o presidente, o projeto irá beneficiar 12,5 milhões de pessoas que moram na região. As obras já foram iniciadas e têm previsão para durar 15 meses. Lula falou que, com as obras, os açudes ficarão sempre cheios, independente de ser época de seca ou não.

Desenvolvimento para a região

PUBLICIDADE

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, ressaltou a influência que o projeto terá no desenvolvimento social da região. Segundo Geddel, uma obra deste porte irá demandar um grande volume de mão-de-obra, isto em uma região pobre e que necessita deste tipo de estímulos.