"Golpe no golpe"

Lula vislumbra queda de Michel Temer e volta de FHC em 2017

Conforme conta o jornalista Josias de Souza, acredita o ex-presidente que o prenúncio das movimentações para a queda do peemedebista se daria pelas tentativas de se apresentar o tucano como antídoto contra a crise econômica

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acredita que o futuro de Dilma Rousseff se repetirá na figura do vice de sua chapa, o atual mandatário Michel Temer. Conforme conta o jornalista Josias de Souza, em diálogos privados, o líder petista diz estar convicto de que o peemedebista não conseguirá concluir o mandato, sobretudo devido a uma articulação do PSDB — um dos principais partidos da atual base aliada — pela volta de Fernando Henrique Cardoso para o comando do país via eleição indireta, como determina a Constituição em caso de vacância da Presidência nos últimos dois anos de mandato.

Segundo nota do colunista do UOL, em almoço com Dilma, Lula teria estimado que o governo Temer irá cair em 2017. O prenúncio das movimentações, na avaliação do petista, se daria pelas tentativas de apresentar o tucano como antídoto contra a crise econômica, que ainda não dá sinais claros de retomada.

Depois da conversa, a presidente cassada já estaria espalhando a narrativa de que Temer pode ser vítima do próprio remédio, com o PSDB fazendo com ele o mesmo que o PMDB fez com ela. Para Dilma, está em curso a operação pelo “golpe dentro do golpe”.

PUBLICIDADE