Diz Folha

Lula vai a NY e tenta convencer estrangeiros: “não tenham medo de investir no Brasil”

De acordo com a Folha, Lula se mostrou otimista sobre economia brasileira em apresentação, mas não mostrou números; ao NYT, ex-presidente destacou diferenças com modelo chinês

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em meio ao cenário recente bastante negativo, o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, tentou convencer uma plateia de investidores norte-americanos e empresários brasileiros em Nova York de que não é preciso ter medo de colocar dinheiro no Brasil. 

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o ex-presidente ressaltou que as recentes previsões de economistas sobre a vulnerabilidade do Brasil são exageradas e destacou o crescimento do País nos últimos anos. A palestra foi fechada a integrantes do American Society e do Council of the Americas, que reúne representantes de importantes bancos e empresas mundiais.

Segundo um empresário ouvido pela Folha, Lula se mostrou bastante confiante sobre a economia brasileira, possuindo uma visão bastante positiva, mas não deu destacou números que evidenciassem sua aparente tranquilidade sobre a atividade econômica nacional. 

Aprenda a investir na bolsa

Já ao New York Times, Lula destacou que o Brasil não quer seguir o modelo econômico da China, baseado em mão-de-obra barata, para impulsionar o crescimento econômico e defendeu o progresso realizado por ele e pela sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff. De acordo com ele, as garantias trabalhistas são importantes para o crescimento do Brasil e o aumento de salário e os benefícios impulsionam a economia. 

Lula também mostrou tranquilidade ao falar das recentes incertezas sobre os países emergentes, avaliando que não está preocupado que o cenário mais adverso prejudique o Brasil.