Lava Jato

Lula se irrita com possível delação de Palocci e pede à defesa de ex-ministro que o controle, diz jornal

Lula mostrou desconforto com a disposição de Palocci de delatar e fez chegar à defesa do ex-ministro sua insatisfação e um pedido que controlem o cliente, destaca o Estadão; advogado do ex-ministro nega

Segundo informa a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está irritado com o ex-ministro Antonio Palocci, que avalia fazer delação premiada. Palocci é acusado de de receber propina da Odebrecht para atuar em favor da empresa, entre 2006 e 2013, interferindo em decisões do governo federal e está preso desde setembro de 2016. 

Lula mostrou desconforto com a disposição de Palocci de delatar e fez chegar à defesa do ex-ministro sua insatisfação e um pedido que controlem o cliente. Conforme ressalta a Coluna, nenhum dos petistas presos no âmbito da Operação Lava Jato fez delação, o que levou a penas bastante consideráveis: o também ex-ministro José Dirceu foi condenado a 23 anos e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto a 15 anos.

Por outro lado, o criminalista José Roberto Batochio, que defende Palocci, nega qualquer conversa com Lula nesse sentido e que seu cliente cogite fazer delação.

PUBLICIDADE