Rota de colisão

Lula se irrita com articulação entre PSOL e petistas sobre novo programa da esquerda

Dirigentes petistas chegaram a chamar seus colegas que foram ao encontro de desonestos, informa a Folha

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A participação de petistas em um encontro no último domingo (18) com dirigentes do PSOL e representantes de movimentos de esquerda irritou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, informa a Folha de S. Paulo. Lula soube apenas na terça-feira, e pela imprensa, que houve a reunião para traçar uma estratégia para a oposição.

A reunião contou com a participação do ex-ministro da Justiça Tarso Genro e de Vicente Trevas, assessor do Planalto no governo Lula. O secretário de Formação do PT, Carlos Henrique Árabe, e o deputado estadual João Paulo Rillo foram à reunião. O deputado federal Ivan Valente (SP) e o deputado estadual Marcelo Freixo (RJ) eram representantes do PSOL. Segundo a Folha, para integrantes da cúpula petista, aí está o embrião de um novo partido. Dirigentes petistas chegaram a chamar seus colegas que foram ao encontro de desonestos. 

Os participantes da reunião de domingo apontaram para a discussão de um “programa mais à esquerda”, que vá “além” dos governos petistas. A discussão desse programa, porém,  colidiria com o discurso de que não existe um plano B para a esquerda e já foi rechaçada por Lula. O ex-presidente contrariou a esquerda no último dia 2 ao pregar pragmatismo durante discurso de abertura do congresso do partido em Brasília.

Aprenda a investir na bolsa