Lula se encontra com empresários para discutir resultados da economia

O presidente afirmou no jantar que, pela primeira vez na história do país, as empresas lucraram mais que os bancos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na última quarta-feira (23) de um jantar com 27 empresários de gigantes dos setores financeiro, automotivo, siderúrgico, papel e celulose e mineração para discutir os resultados da economia brasileira.

Segundo o presidente, o objetivo do encontro era discutir “os passos a serem dados para consolidar o crescimento da economia e o desenvolvimento do país”. Lula afirmou que “o desenvolvimento das empresas foi sólido (…) demonstração de que o Brasil tem um potencial extraordinário para crescer e para gerar mais empregos, mais renda e se tornar mais competitivo”.

Pedidos dos empresários

Os empresários focaram sua discussão com o presidente em logística e infra-estrutura, como construção, reforma e maiores investimentos em portos, ferrovias e no setor de energia, enfatizando que tais investimentos tornariam o Brasil mais competitivo no mercado internacional.

Aprenda a investir na bolsa

O ministro Guido Mantega e parte dos empresários presentes se manifestaram em prol do aumento de investimentos, redução dos gastos públicos e crescimento da poupança interna do país. Segundo o ministro, o maior desafio do Brasil para um próximo governo é obter crescimento vigoroso dentro de padrões que permitam a criação de mais empregos e melhor distribuição de renda.

Interesses eleitoreiros

Apesar da declaração de Mantega, todos os ministros presentes e o próprio presidente insistiam que o jantar não se tratava de um evento de campanha nem mesmo de discussão da agenda de um possível segundo mandato de Lula, mas sim “para o futuro”, visando “deixar as condições favoráveis para que o crescimento continue no futuro, com taxas mais vigorosas”.