A volta do líder

Lula: “No dia 5 de outubro, prevalecerá a razão e o reconhecimento do povo brasileiro”

Em discurso ao lado de Dilma, o ex-presidente afirmou que entregou a presidência à petista como se estivesse entregando um filho. "Filho a gente entrega para <span> </span>quem a gente tem confiança".

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Diante dos rumores de que Marina Silva aparecerá com ainda mais vantagem sobre Dilma Rousseff, do PT, nas pesquisas de intenção de voto, o ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que o bom senso vai falar mais alto nas urnas.

“No dia 5 de outubro, prevalecerá a razão, a emoção e o reconhecimento do povo brasileiro à presidente que nunca baixou a cabeça“, afirmou Lula, em discurso ao lado da candidata à reeleição pelo PT , na praça da Igreja Matriz, em São Bernardo do Campo. “O Brasil não tem nem duas escolhas e nem uma e meia”, explicou. 

Para atribuir mais credibilidade à Dilma, Lula disse que entregou a presidência à petista como se estivesse entregando um filho. “Filho a gente entrega para  quem a gente tem confiança”, revelou o líder petista, acrescentando que Dilma é uima mulher forte.

PUBLICIDADE

Em um discurso emocionado, o ex-presidente pediu o empenho dos militantes petistas para que Dilma permaneça no Planalto por mais quatro anos. “A reeleição de Dilma acontecerá para o bem do país e para que o povo continue andando de cabeça erguida“, concluiu Lula.