Última cartada

Lula ministro poderá postegar um pouco a queda do governo, mas não a evitará, diz analista

Com ou sem Lula, segue preponderante a probabilidade de queda de Dilma Rousseff, afirma analista da MCM Consultores

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

 SÃO PAULO – As informações de que há uma chance maior de Lula assumir um ministério – logo após a notícia de que a juíza Maria Priscilla Ernandes ter decidido mandar para o juiz federal Sérgio Moro o pedido de prisão feitos pelo Ministério Público de São Paulo – reverberam no mercado. Porém, para o analista político Ricardo Ribeiro, da MCM Consultores, a entrada de Lula em uma pasta do governo muda pouco o cenário de deterioração da presidente Dilma.

Segundo Ribeiro, a ida de Lula ao ministério pode mudar o quadro, uma vez que ele consegue ter uma melhor articulação política, mas não altera o cenário global, que é de enfraquecimento do governo. Com isso, segue preponderante a probabilidade de queda de Dilma Rousseff. “Pode postergar um pouco a queda do governo, mas não evitará”, afirma.

Já a decisão da juíza do Tribunal de Justiça de São Paulo, segundo o analista político da Barral M. Jorge, Gabriel Petrus, beneficia a defesa do ex-presidente Lula na medida em que é um frente a menos de exposição e desgaste. “Além disso, com a centralização do processo na justiça federal, fortalece-se também o papel do juiz Sergio Moro”. Contudo, vale destacar, caso nomeado, Lula ganhará foro privilegiado, o que impediria que ele seguisse sendo investigado por procuradores em São Paulo e também na Operação Lava Jato. Porém, ele ainda resiste. As sinalizações são de que, se ele aceitasse o convite, estaria dando uma “confissão de culpa”. 

Aprenda a investir na bolsa

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

InfoMoney faz nova atualização na Carteira Recomendada de março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa