Pesquisa

Lula lidera em todos os cenários para eleições em 2018, mostra CNT/MDA

Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 138 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões, entre os dias 8 e 11 de fevereiro

SÃO PAULO – O descontentamento com o governo Michel Temer cresceu mais um pouco entre os entrevistados pela pesquisa realizada pelo instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes, divulgada na manhã desta quarta-feira (15). De acordo com o levantamento, a desaprovação pessoal do peemedebista subiu de 51,4% em outubro para 62,4% agora, ao passo que a aprovação caiu de 31,7% para 24,4% e 13,2% não souberam opinar.

A avaliação do atual governo é positiva para 10,3% dos entrevistados, contra 44,1% de avaliação negativa. Para 38,9%, a avaliação é regular, enquanto 6,7% não souberam opinar.

A tabela abaixo mostra os detalhes da série histórica:

PUBLICIDADE
Aprovação do presidentefev/2017out/2016jun/2016*fev/2016out/2015jul/2015mar/2015
Aprova24,4%31,7%33,8%21,8%15,9%15,3%18,9%
Desaprova62,4%51,4%40,4%73,9%80,7%79,9%77,7%
Não sabe/ não respondeu13,2%16,9%25,8%4,3%3,4%4,8%3,4%

* Resultado refere-se ao presidente em exercício, Michel Temer

Eleições 2018

O instituto também ouviu os entrevistados acerca do cenário para as próximas eleições presidenciais. Em intenção de voto espontânea para primeiro turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderou com 16,6%, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), com 6,5%, e o senador e presidente nacional do PSDB Aécio Neves (MG), com 2,2%. A ex-ministra Marina Silva ficou com 1,8% das intenções de voto, seguida pela ex-presidente Dilma Rousseff, com 0,9%, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin, com 0,7%, e o ex-ministro Ciro Gomes, com 0,4%. Outros nomes alcançaram 2%, brancos e nulos, 10,7% e indecisos, 57,1%.

Na pesquisa estimulada para primeiro turno, o ex-presidente Lula lidera nos três cenários apresentados:

Cenário 1: Lula 30,5%, Marina Silva 11,8%, Jair Bolsonaro 11,3%, Aécio Neves 10,1%, Ciro Gomes 5,0%, Michel Temer 3,7%, Branco/Nulo 16,3%, Indecisos 11,3%.

Cenário 2: Lula 31,8%, Marina Silva 12,1%, Jair Bolsonaro 11,7%, Geraldo Alckmin 9,1%, Ciro Gomes 5,3%, Josué Alencar 1,0%, Branco/Nulo 17,1%, Indecisos 11,9%.

Cenário 3: Lula 32,8%, Marina Silva 13,9%, Aécio Neves 12,1%, Jair Bolsonaro 12,0%, Branco/Nulo 18,6%, Indecisos 10,6%.

PUBLICIDADE

Entre os cenários de intenção de voto estimulada para segundo turno, o ex-presidente Lula também venceria em todos os cenários em que está presente:

Cenário 1: Lula 39,7%, Aécio Neves 27,5%, Branco/Nulo: 25,5%; Indecisos: 7,3%

Cenário 2: Aécio Neves 34,1%, Michel Temer 13,1%, Branco/Nulo: 39,9%; Indecisos: 12,9%

Cenário 3: Aécio Neves 28,6%, Marina Silva, 28,3%, Branco/Nulo: 31,9%; Indecisos: 11,2%

Cenário 4: Lula 42,9%, Michel Temer 19,0%, Branco/Nulo: 29,3%; Indecisos: 8,8%

Cenário 5: Marina Silva 34,4%, Michel Temer 16,8%, Branco/Nulo: 35,2%; Indecisos: 13,6%

Cenário 6: Lula 38,9%, Marina Silva 27,4%, Branco/Nulo: 25,9%; Indecisos: 7,8%

Metodologia

Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 138 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões, entre os dias 8 e 11 de fevereiro. A margem máxima de erro é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança, 95%, o que significa que, se a pesquisa fosse repetida nas mesmas condições, as chances de o resultado estar dentro da margem de erro são de 95%.