Lula e príncipe japonês destacam investimentos entre Brasil e Japão

O presidente citou como exemplo a TV Digital, e Naruhito destacou a posição consolidada dos descendentes em muitos setores

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia para comemorar os 100 anos da imigração japonesa, lembrou os investimentos feitos pelos japoneses no Brasil nas últimas décadas e destacou as novas oportunidades em setores de infra-estrutura, siderúrgico, eletroeletrônico e automobilismo.

“Temos todas as condições para lançar parcerias com ambição maior do que aquelas do passado. A diferença é que, agora, também passamos a investir no Japão”, afirmou, citando a TV Digital como exemplo de nova parceria.

De acordo com a Agência Brasil, na solenidade, que teve a presença do príncipe herdeiro do Japão, Naruhito, foram lançados a moeda e o selo comemorativo da imigração.

Contribuição japonesa

PUBLICIDADE

Tanto Lula quanto Naruhito lembraram a chegada dos primeiros imigrantes japoneses ao Brasil, em 18 de junho de 1908. Para o presidente, essas pessoas ajudaram a construir o Brasil. Já o príncipe lembrou da dificuldade enfrentada por elas, devido às diferenças culturais e do idioma, mas também agradeceu a acolhida do povo e do governo brasileiros.

“É muito encorajador o fato de que a comunidade nikkei no Brasil ultrapassa 1,5 milhão de pessoas e que muitos nikkeis conquistaram posições consolidadas em vários setores”, afirmou Naruhito.

O Brasil abriga a maior comunidade japonesa no exterior, enquanto o Japão possui a terceira maior comunidade de brasileiros vivendo em outros países. “O sonho desses brasileiros que moram no Japão é exatamente o mesmo dos japoneses que vieram ao Brasil há 100 anos: a busca da felicidade e a vontade de vencer. Querem se integrar e contribuir para o progresso do Japão”, afirmou Lula.