AO VIVO Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Operação Zelotes

Lula é investigado pela Operação Zelotes, afirma delegado da PF

Marlon Cajado confirmou que o ex-presidente é investigado em um segundo inquérito policial já em curso na Operação Zelotes, segundo ofício revelado pelo jornal O Globo

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O delegado da Polícia Federal Marlon Cajado confirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é investigado em um segundo inquérito policial já em curso na Operação Zelotes. As informações são do jornal O Globo.

O objetivo do inquérito é saber se, além de dois servidores (já réus), outros foram corrompidos ou se a  menção aos seus nomes era apenas uma forma de os acusados propagarem influência que não tinham.

Malgrado tenha sido possível chegar a essa conclusão acerca desses dois servidores públicos, os demais documentos juntados aos autos apontavam para eventuais colaborações de outros servidores públicos para a consecução dos interesses da organização criminosa e, buscando-se evitar conclusões precipitadas, fez-se necessária a instauração de novo procedimento policial expediente (sic) tentar alcançar a verdade real sobre os fatos apurados, isto é, se outros servidores públicos foram de fato corrompidos e estariam associados à (sic) essa organização criminosa, ou se estaria ‘vendendo fumaça’ vitimando-os e praticando o tráfico de influência com relação aos mesmos, a saber, Erenice Alves Guerra, Dyogo Henrique e Oliveira, Nelson Machado, Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, Helder Silva Chaves, Ivan João Guimarães Ramalho, Miguel João Jorge Filho, entre outros”, diz trecho do ofício, que possui alguns erros de digitação e de português.

Aprenda a investir na bolsa

Os advogados dos réus classificam a segunda investigação de “inquérito paralelo” e reclamam que ela apura os mesmos fatos da ação penal já em curso na Justiça Federal do Distrito Federal. 

A Operação Zelotes investiga a manipulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), do Ministério da Fazenda, além da suposta compra de medidas provisórias.

Leia também:

Carteira InfoMoney bateu Ibovespa em 8 pontos em janeiro; você já baixou?

Analista-chefe da XP diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa