Lava Jato

Lula é denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo sítio em Atibaia

Caberá agora ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações penais da Lava Jato, definir se recebe ou não a denúncia do Ministério Público Federal

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi denunciado nesta segunda-feira (22) na Operação Lava Jato em processo envolvendo um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo. Segundo a denúncia, o ex-presidente se beneficiou de R$ 1,02 milhão em benfeitorias no sítio, que era frequentado por ele, em obras realizadas pelas empreiteiras Odebrecht e OAS.

O dinheiro veio, segundo a denúncia do Ministério Público, de contratos das empreiteiras na Petrobras, e repassado como vantagem ilícita ao ex-presidente. Para a Procuradoria, o sítio pertencia, na realidade, a Lula, e foi comprado em seu benefício.

Este é o terceiro processo contra em Curitiba. Caberá agora ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações penais da Lava Jato, definir se recebe ou não a denúncia do MPF (Ministério Público Federal).

Aprenda a investir na bolsa

Também foram denunciados José Adelmário Pinheiro Filho, pela prática dos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro, e Marcelo Bahia Odebrecht e Agenor Franklin Magalhães Medeiros, pelo crime de corrupção ativa.

Além deles, José Carlos da Costa Marques Bumlai, Rogério Aurélio Pimentel, Emílio Alves Odebrecht, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, Carlos Armando Guedes Paschoal, Emyr Diniz Costa Júnior, Roberto Teixeira, Fernando Bittar e Paulo Roberto Valente Gordilho, foram acusados da prática do crime de lavagem de dinheiro.